Na correria



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 11:52:49 AM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP - SUBSEDE SUL - SANTO AMARO

Secretaria de Cultura

(Gastando mais horas realizando que sonahando. Fazendo que planejando. Lutando que esperando.)

Uma tarefa complexa envolve o cotidiano dos defenssores da cultura, organizar uma nova linguagem sem desrespeitar as tradições regionais.

"Creia, basta ser sincero e desejar profundo, tenha fé em Deus, tenha fé na vida. Tente outra vez. - Raul Seixas.

Algumas participações do SARAU DOS MESTRES durante o ano de 2009.

RENNO & DANUBIO

    O ofício de sapateiro é um dos mais antigos trabalhos existentes. Em seu conceito original, sapateiro é aquele que confecciona sapatos. Mas, com tanto tempo de história, a profissão teve que acompanhar as modificações trazidas com a modernização e se adaptar à nova era tecnológica.

    NANDO POETA

    cordel é um tipo de poesia popular, originalmente oral, e depois impressa em folhetos rústicos ou outra qualidade de papel, expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome que vem lá de Portugal, que tinha a tradição de pendurar folhetos em barbantes. No , herdamos o nome (embora o povo chame esta manifestação de folheto), mas a tradição do barbante não perpetuou. Ou seja, o folheto brasileiro poderia ou não estar exposto em barbantes. São escritos em forma rimada e alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, o mesmo estilo de gravura usado nas capas. As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos. Os autores, ou cordelistas, recitam esses versos de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de viola, como também fazem leituras ou declamações muito empolgadas e animadas.

     

    Profª MALU

    "O professor disserta sobre ponto difícil do programa.
    Um aluno dorme,
    Cansado das canseiras desta vida.
    O professor vai sacudí-lo?
    Vai repreendê-lo?
    Não.
    O professor baixa a voz,
    Com medo de acordá-lo."(Carlos Drummond de Andrade)

    MARIA POETA - (a flôr-de-liz)

    Os livros de História nos relatam o "Grito do Ipiranga", mas com o passar do tempo ouvimos também outros gritos por liberdade, por justiça e paz, gritos que realmente deixaram ecos. O Grito dos (as) Excluídos (as) é a união das forças populares do Brasil para lutar pela nossa verdadeira independência.

    JORGE ESTEVES

    De vez em quando, penso como eu gostaria que me vissem: eu gostaria que me vissem como alguém que procura descobrir a causa da causa da causa. Assim, se alguém inventar de me dar algum presente, já sabe o que eu mais aprecio...

    Profº. CÍCERO

Os palhaços são conhecidos há aproximadamente quatro mil anos, mas a verdade, é que desde sempre, e através dos tempos, inúmeras pessoas dedicaram-se à arte de fazer rir.

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 9:34:58 AM
[] [envie esta mensagem] []



 

 

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 11:03:57 AM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP SUBSEDE SUL - SANTO AMARO

(Gastando mais horas realizando que sonahando. Fazendo que planejando. Lutando que esperando.)

Uma tarefa complexa envolve o cotidiano dos defenssores da cultura, organizar uma nova linguagem sem desrespeitar as tradições regionais.

Em 28 de Novembro de 2009, foi realizado mais uma edição do SARAU DOS MESTRES na SubSede Sul Santo Amaro.

Programação:

  • 18:00 às 19:30 h.  - Roda de Samba - Homenagem a semana da consciência Negra;
  • 19:30 às 20:00 h. - Intervalo;
  • 20:00 às 21:00 h.  - Poesia dedicado à semana da consciência Negra;
  • 21:00 às 21:20 h.  - Intervalo;
  • 21:20 às 22:30 h.  - Dupla Reno & Danubio - Apresentando o CD "O Cara";
  • 22:30 às 23:00 h.  - Hora do desabafo - Poesia e comentários livres;
  • 23:00 às 23:20 h.  - Encerramento e agradecimentos

Músicos:

 

 

  1. Grupo: Samba da Biquinha e Comunidade:
  2. Dupla: Renno e Danubio;

     

  • Poetas:

1.   Alaíde e Antônio - (Bem-Te-Vi de Interlagos);

2.   Nando - (Poeta e Condelista);

3.   Jorge Esteves - (Poesia e Sentimento);

4.   Luci Ferreira - (Todas as Mulheres);

5.   Cícero - (Quando o mundo diz, Desista, sussurra uma esperança. tente mais uma vez;

6.   Osmar - (Todos somos iguais);

Organizadores:

Cícero Rodrigues;  Maria Vilani e Maria de Fátima;

Poema do dia:

Noite de Nupcias

Após o enlace tão pomposo

Chegou o momento mais gostoso

Que a noiva tanto queria

Para ela a festa não acabava

O pessoal, parece que não saia

 

Sozinhos, já no quarto

Ela se pôs toda nua

O marido olhando para ela

Virou-se para a janela

E ficou admirando a lua

Começou a se vestir

O marido virou e perguntou

Meu bem vais sair

 

Vou sair para ver se acho

Algum homem na cidade

Porque você não é macho

 

Meu bem, se me amas queridinha

Ou se me queres bem

Faça mais uma forcinha

E traga um para mim também.

(Antônio - Poeta)

Então fica combinado: a gente recompõe esse ideal ridículo

Waldecy Tenório/ Cícero Rodrigues

Ser professor no Brasil de hoje dói. Essa escola abandonada, essas crianças tristes, funcionários meio perdidos, os próprios colegas na sua calada condição. Essa carência de tudo, essa feiúra, uma espera infinita – Godot que não chega nunca – dói.

Se  ele olhar para fora da escola, dói do mesmo jeito. Lá estão, como uma ferida, os estigmas do subdesenvolvimento: gente morando nas ruas, favelas,

violência de todo o tipo e, por toda parte, desemprego, analfabetismo, fome. E esses homens e mulheres na pior “fissura”, sem amanhã, sem alegria, sem esperança, imersos no fatalismo – “como vai a vida? Vai-se levando, como Deus é servido” – pobres cidadãos sem cidadania.

 

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 9:21:02 AM
[] [envie esta mensagem] []



 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 1:49:08 PM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP SUBSEDE SUL SANTO AMARO

SARAU NEGRO

convida a todos os amigos para o proximo sarau

O PROXIMO SARAU SERÁ DIA 28  DE NOVEMBRO E SERÁ DEDICADO A SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Sarau dos mestres convida:

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 4:25:49 PM
[] [envie esta mensagem] []





Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 11:00:27 AM
[] [envie esta mensagem] []



PRÓXIMO SARAU SERÁ DIA 12 DE SETEMBRO

SARAU COM MÚSICA

DEDICADO A FERNANDO PESSOA

HORÁRIO: 19:30 ÀS 23:00

 

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 12:46:14 PM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP SUBSEDE SUL SANTO AMARO

"Vieram, então, milhares de andorinhas, sabiás, pardais, tico-ticos, periquitos..."

Amigos(as) de coração e alma. Seus pensamentos caminham em toda a diração, e

é apenas justo procurar devolvê-lo ao seu sítio originário.Sua Herança nos foi legada

sem nenhum testamento.

OBRIGADO!

Veja fosto e vídeos do Arraiá Poético.

  

 

 

 

 

 

Veja Vídeos

 

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 12:58:00 PM
[] [envie esta mensagem] []



PRÓXIMO SARAU

ARRAIÁ POÉTICO

Dedicado

LUIZ GONZAGA, O REI DO BAIÃO.

Data: 11 de Julho de 2009

Horário: 19:00 às 23:00 h. 

Local: Rua Cerqueira César, 480 - Santo Amaro São Paulo/SP

Telefone: 56814826

E-Mail: saraudosmestres@bol.com.br 

 

Animação

Banda Razallfaya : Música Alternativa versionando o cancioneiro Tupiniquin.

Participação:

Nando Poéta – “O Cordelista dos trbalhadores socialista’,  Costa Senna – “O educador da cultura popular”, Varneci Nascimento – “ O poéta cordelista popular”, Renno & Danúbio, Joacy Besier, Debora Sales & Davidson Vidal, Anna Rodrigues, Vitoria Regia, Brau Mendonça & Lusouza, Thomas & Thiago, Manuel Hélio, Ciço Viola , Antônio e Alaide e Diversos poetas.

Reunião do Coletivo de Cultura.

Data: 21 de Maio de 2009.

Horário: 15:00 h às 17:00 h

Pauta:

  1. Informes;
  2. Organização do Sarau dos Mestres;
  3. Tema e Data do Próximo Sarau dos Mestres;


Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 7:36:36 PM
[] [envie esta mensagem] []



Saraus espalham-se pela cidade revelando poetas e artistas anônimos

Uma vez por bimestres, idade e figurino bastante variados soltam a voz num espaço da APEOESP SUBSEDE SUL – SANTO AMARO. Não, não se trata de nenhuma associação de cantores amadores ou coisa parecida. Mas, sim, de uma turma-cabeça que curte declamar poesias e textos em público (ou assistir a performances do tipo) em um programa que voltou a ser moda: os saraus. Um deles, O SARAU DOS MESTRES, que reuniu vinte e dois participantes no último dia 9 na Subsede Sul, onde nasceu, há Três anos. Fã, o casal Sr Antônio e a Sra. Alaíde, de mais de sete anos. "Quando ouço alguém lendo, parece que os versos ganham vida", diz.

Comuns na Europa do século XIX, os saraus têm se espalhado por São Paulo mantendo a tradição de dar voz e espaço a escritores e artistas, por vezes, desconhecidos. Encontros assim movimentavam a elite intelectual paulistana no início do século XX e foram fundamentais na gestação da Semana de Arte Moderna de 1922, por exemplo. O escritor Mário de Andrade chamava de oásis culturais as sessões que José de Freitas Valle, fundador da Pinacoteca, realizava em sua casa, na Vila Mariana.

·         A versão "terceiro milênio" tem formatos variados.

·         A Comitiva Sertão Cidade, que ocorre mensalmente num sebo da Praça Benedito Calixto, em Pinheiros, tem inspiração na obra de Guimarães Rosa.

·         Sarau Astronômico, no Planetário do Ibirapuera, é possível ouvir narrações de mitos sobre o cosmo, acompanhar apresentações musicais e observar as estrelas por meio de telescópios.

Algumas dessas reuniões culturais são abertas à participação espontânea do público, outras exigem aprovação prévia. "

 Porf. Cícero Rodrigues

Coletivo de Cultura.



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 4:35:43 PM
[] [envie esta mensagem] []



ASSISTÊNCIA SOCIAL COMO POLÍTICA PÚBLICA

Palestra na Universidade Ibero Americana
Profº Cícero Rodrigues da Silva
 
ASSISTÊNCIA SOCIAL COMO POLÍTICA PÚBLICA
 
Não há dúvidas que o Serviço Social Brasileiro, nas últimas décadas redimensionou-se e renovou-se no âmbito de sua interpretação teórico-metodológico e político, num forte embate com o tradicionalismo profissional, adequando criticamente a profissão
às exigências do seu tempo, qualificando-a sendo hoje, sem dúvida, uma profissão reconhecida e legitimada socialmente.
 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 2:28:17 PM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP - SUBSEDE SUL - SANTO AMARO

SC - Secretaria de Culruta

SARAU DOS MESTRES

 

DEDICADO AOS TRABALHADORES DO CAMPO E DA CIDADE

Aqueles que sobrevivem do cacto e do pão

(João Cabral de Neto, Patativa do Assaré, Catulo da Paixão Cearense ...)

Cultura Brasileira

Ninguém melhor do que o próprio autor para nos relatar o processo de criação de uma obra.

 Ninguém melhor do que o próprio autor para nos relatar o processo de criação de uma obra.

 Ninguém melhor do que o próprio autor para nos relatar o processo de criação de uma obra.

 

 

Data: 09 de Maio de 2009

Local: Rua Cerqueira César, 480 - Santo Amaro - São Paulo / SP

Horário: 19:30 às 23:00 h.

"... E não há melhor resposta que o espetáculo da vida:                 

 vê-la desfiar seu fio, que também se chama vida,                                        

ver a fábrica que ela mesma teimosamente, se fabrica,                             

Vê-la brotar como há pouco em nova vida explodida: 

mesmo quando é assim pequena a explosão, como a ocorrida:                             

mesmo quando é uma explosão como a de há pouco, franzina;

mesmo quando é a explosão de uma vida SEVERINA."

(Morte e Vida Severina - Auto de Natal Pernambucano- João Cabral de Melo Neto)



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 12:45:01 PM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP SUBSEDE SUL SANTO AMARO 

SC - SECRETARIA DE CULTURA

 

 

04 de Abril de 2009

SARAU DOS MESTRES

Redescobrindo o Brasil

Gregório de Matos Guerra “Boca do Inferno”

Triste Bahia

 Veja Vídeo

Esta razão me obriga a confiar,

Que, por mais que pequei, neste conflito

Espero em vosso amor de me salvar

Programação:

       19:30 h – Recepção

       19:45 h – Documentário – Poetas Brasileiro

       20:00 h – Abertura – Gregório de Matos Guerra

       20:30 h – Intervalo Poético

       21:00 h – Intervalo Musical

       21:30 h – Intervalo Poético

       22:30 h – Roda Musical e poética

      23:00 h – Encerramento e Agradecimento

Data: 04 de Abril de 2009

      Horário: 19:30 às 23:00

      Local: Rua Cerqueira César, 480 Santo Amaro – São Paulo / SP

      Telefone: 5681.4826 – 5681.4194

      E-Mail: saraudosmestres@bol.com.br

 

Coletivo de Cultura



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 7:49:46 PM
[] [envie esta mensagem] []



APEOESP SUBSEDE SUL SANTO AMARO 

SC - SECRETARIA DE CULTURA

O Proximo Sarau dos Mestres será realizado no dia 04 de Abril de 2009

Das 19:00 às 23:00 h.

Reuniu-se em 04 de Março de 2009, o coletivo de cultura. com o objetivo de organizar a Secretária de Cultura e o SARAU DOS MESTRES que será realizado no dia 04 de Abril de 2009.

Pauta:

1.    Informes;

2.    Tema;

3.    Projetos: (De)repente é Cordel;

·         Encontro de Repentistas e Cordelistas;

4.     Boletim de Cultura mensal;

5.    Recursos Técnicos:

·         Microfones (2);

·         Caixa de Retorno (2);

 Tema:

Redescobrindo o Brasil

Gregório de Matos Guerra “Boca do Inferno”

Veja Vídeo - Trste Bahia - Gregòrio de Matos Guerra Mísica - Caetano Veloso.

O poeta Gregório de Matos Guerra (BA, 1623-95), considerado por muitos o verdadeiro iniciador da literatura brasileira, produziu uma obra que "compreende um lado satírico, inclusive erótico e pornográfico, e outro lírico, de fundo religioso, moral e amoroso".

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nasceu em 1633, em Salvador (BA), a qual era, naquele ano, a capital do Brasil e é tido como o primeiro poeta brasileiro. Estudou primeiramente no Colégio dos Jesuítas e se formou em Direito pela Universidade de Coimbra, cidade onde exerceu sua profissão durante alguns anos. Porém, foi obrigado a retornar à sua terra natal quando começou a ser perseguido por suas sátiras. Foi convidado a trabalhar na Companhia de Jesus, liderada pelos jesuítas, os quais apregoavam o evangelho através da literatura e teatro com temática bíblica. Nesta companhia, Gregório se tornou o tesoureiro, mas por suas sátiras ao governo foi exilado em Angola. Retornou ao Brasil por volta de 1695, porém, sob algumas condições: estava proibido de retornar ao estado da Bahia e de publicar suas sátiras. Faleceu por volta de 1696, em Recife (PE).

Por causa de sua crítica ferina e debochada da sociedade da época através de suas sátiras, Gregório foi apelidado de “Boca do Inferno”, porém, era conhecido também por suas poesias líricas e as envolvendo conteúdo religioso, bíblico. É assim nas poesias “Reprovações” e “A Cristo S.N. crucificado estando o poeta na última hora de sua vida”, respectivamente.

A Cristo S. N. crucificado - Estando o poeta na última hora de sua vida

Meu Deus, que estais pendente de uma madeiro,

Em cuja lei protesto de viver,

Em cuja santa lei hei de morrer

Animoso, constante, firme e inteiro:

 

Neste lance, por ser o derradeiro,

Pois vejo a minha vida anoitecer,

É, meu Jesus, a hora de se ver

A brandura de um Pai, manso cordeiro.

 

Mui grande é vosso amor e o meu delito;

Porém pode ter fim todo o pecar,

E não o vosso amor, que é infinito

 

Esta razão me obriga a confiar,

Que, por mais que pequei, neste conflito

Espero em vosso amor de me salvar.

 



Escrito por Profº Cícero Rodrigues Silva às 11:57:12 AM
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Apeoesp
Secretaria da Educação
Trabalho Universitário: 23:59 - Felipe e Amigos
Contato
Veja seção de Fotos
Rafael
Rafael e Orquestra
Avançar a Luta Socialista
SUBSEDE LITORAL SUL
LUIZ
Sinto Vergunha de mim
GIF
Diretoria de Ensino Sul 1
Diretoria de Ensino Sul 2
Diretoria de Ensino Sul 3
Sala de Aula Ensino Fundamental
Sala de Aula Ensino Médio